fbpx
You are currently viewing Amamentação e o amparo do uso de técnicas da Laserterapia

Amamentação e o amparo do uso de técnicas da Laserterapia

Amamentação e o amparo do uso de técnicas da Laserterapia.

Em suma, a amamentação não é tão automática quanto parece!

Primordialmente, a falta de técnica na amamentação faz com que o mamilo seja frequentemente lesionado, juntamente as
fissuras em uma pele tão sensível com tantas terminações nervosas inviabilizam a amamentação.

A realidade das mulheres com a amamentação

A Laserterapeuta Daiane Thais Meneguzzo relata que imaginava que a amamentação fosse algo automático: “Eu mesma imaginava que meus filhos nasceriam e que, de certa forma, plugariam na minha mama e seria simples e fácil!”.

Além disso, assim como muitas mulheres, ela também teve dificuldades no primeiro momento do processo: “Mesmo assim tive muitas dificuldades. Primeiro, ninguém me avisou que o leite desceria por três dias e que seria muito leite, nem que eu teria dificuldade de aprender a técnica. Corri atrás de ajuda, minhas doulas me ajudaram e apesar de não ter tido fissuras, não foi nada fácil!”.

Um alento na amamentação para as mamães

Porém, muitas mudanças aconteceram nesse meio tempo.

Sobretudo, as informações sobre o assunto estão mais acessíveis e, de certa forma, as mamães estão tendo mais acesso às consultoras de amamentação que já entram em ação logo no primeiro dia de pós parto ou até mesmo antes do nascimento.

Essa conduta de buscar ajuda técnica favoreceu que muitas mamães com dificuldades não desistissem de amamentar!

Por que não desistir desse momento tão importante que é a amamentação?

A pergunta que vem à tona é: por que não desistir?

A amamentação é natural, é fisiológica, porém quem nunca amamentou não sabe que existe a possibilidade de haver dor!

E por conta dessa dor é que muitas mamães desistem de amamentar.

Daiane conta que uma vez em uma viagem se deparou com uma explanação de sua avó sobre as dificuldades na amamentação:
“Foi quando ela me relatou que teria sido ótimo se o laser existisse no tempo dela! Ela me fez um emocionante depoimento sobre sua vida, ela teve cinco filhos e relatou que sofreu com todos e que, nos primeiros meses, os bebês mamavam com sangue! Ela me disse que apesar de tanta dor ela não tinha outra opção.”

O aconselhamento

Dessa forma, as profissionais de saúde que fazem o aconselhamento de aleitamento materno são as experts no assunto e sabem diagnosticar erros, síndrome de reinos, mastite, alterações no bico da mamãe e também na linguinha do bebê.

Quanto vale amamentar seu filho?

Acima de tudo, inúmeros benefícios financeiros, nutricionais, imunológicos, fisiológicos e emocionais. A amamentação é fundamental e todos sabemos que não basta querer, tem que conseguir! A ajuda das consultoras torna-se então fundamental!

No entanto, muitas vezes as consultoras são chamadas quando a fissura já está instalada. Por melhor que elas orientem e ensinem a melhor postura, a dor é um fator limitante.

A Laserterapia na amamentação

A laserterapia vem então complementar o trabalho da consultora. Viabilizando que a mãe agora, sem dor, coloque em prática toda a teoria e técnica que a consultora tem para oferecer!

O laser não ocasiona dor, a irradiação dura segundos e nas primeiras 24h a cicatrização já é clinicamente visualizada.

A dor, no entanto, pode ser amenizada de imediato, possibilitando o retorno à amamentação.

A ação do laser

Por outro lado, o trauma contínuo – a própria amamentação sobre a fissura, o laser acelera a cicatrização permitindo que a mamentação não seja interrompida.

Sem o laser, faz-se necessário interromper a amamentação para permitir a regeneração do mamilo.

Assim como outras técnicas com laser como a terapia fotodinâmica ajudam no tratamento de cândida mamilar – muito comum e que causa muita dor e ardência mamilar.

Também utilizamos o laser em outras áreas do corpo, como no períneo após o parto normal, sobre a região de sutura de cesária, etc.

Bem como acelerar a regeneração e também evita e trata parestesias, nas hemorroidas decorrentes do parto, edema, dor, a laserterapia sistêmica.

Além disso, ajuda melhorar a drenagem linfática pós parto e reduzir inchaço, ajudando no equilíbrio hormonal e também emocional.

Conheça sobre o curso de laserterapia no pós parto clicando aqui.

A Allaser na amamentação

Contudo, a laserterapia auxilia mulheres puérperas amamentar com muito mais qualidade e sem dor!

É preciso conhecer, indicar e saber usar a laserterapia como ferramenta para aliviar a dor!

Além disso, você consultora precisa dessa ferramenta!

A Laserterapia é simples, eficaz, rápida e fará toda a diferença no seu lindo trabalho em prol da amamentação!!!

Saiba mais sobre nossos cursos pelo WhatsApp!

Deixe um comentário