Sem categoria – Allaser
Pular para o conteúdo

Mudança nos equipamentos da DMC!

Olá queridos! Passando para avisar que os equipamentos mais recentes da Dmc – modelo Therapy EC mudaram a configuração do tempo quando utilizamos o laser com os dois comprimentos de onda juntos. Ou seja, agora ao colocar a energia significa a energia total dividida entre os dois laser, e o tempo é a metade. Antes, a energia era por comprimento de onda e tínhamos que saber que a energia total seria o dobro (no exemplo da foto seria 6J). Acho q agora ficou melhor!

Ponto IG4 para dor, estresse e/ou dificuldades para dormir

O ponto IG4 melhora o trânsito dos alimentos, na desobstrução de canais energéticos que clareiam as sensações, assim, diminuindo a cefaleia.

É indicado para pessoas com dor, estresse e/ou dificuldade para dormir.


Cuidado! O IG4 é um ponto de acupuntura proibido para gestantes, pois a circulação de energia poderá estimular a expulsão do feto. Assim, é um ponto aplicável com o objetivo de induzir o parto.

Gostou? No nosso curso de Laserpuntura abordamos esse e vários outros pontos que vão complementar a sua atuação com o laser!

Para saber mais, entre em contato:
[email protected]
19 984439345
www.allaser.com.br

Ponto VC 24 para uma boa oratória

Todos os dias passamos por situações que é necessário uma boa oratória!


Acione o ponto VC 24 para aquela conversa decisiva ou reunião que vai ter. Laser no VC 24 e boa sorte!


O ponto fica na linha mediana do sulco mentolabial, abaixo do lábio inferior, assim como na foto.

Desvendando os mitos do Laser

A laserterapia já existe como tratamento em várias áreas da saúde há algum tempo. Mesmo assim, muitos profissionais ainda têm dúvidas sobre o uso em seus consultórios. Isso acontece porque ainda existem muitos mitos que vamos desvendar agora!

1 – São necessários muitos anos de estudo ou especialização?
Se o profissional já atua em áreas que faça sentido agregar o laser, é necessário realizar um curso preparatório na Allaser. Depois disso, sinta-se apto para utilizar a laserterapia em seu consultório. A formação de qualquer área deve ser contínua, já que inovações estão sempre surgindo!

2 – O seu uso oferece riscos à saúde do profissional ou do paciente?
De acordo com as classes de risco definidas pela ANVISA, o laser de baixa potência se enquadra na Classe III. Isso significa que, o seu uso não oferece perigos à saúde do profissional.


3 – O laser causa câncer?
O laser é classificado como radiação não ionizante que não possui energia suficiente para provocar câncer e não altera estruturas complexas, influenciando apenas em alguns fenômenos bioquímicos do organismo.


4 – O laser provoca queimaduras na pele?
Os de alta potência, são utilizados na medicina e odontologia para fins estéticos e cirúrgicos, sendo capazes de queimar e cortar tecidos.
O laser de baixa potência tem o chamado efeito biopositivo sobre o organismo. Ele apenas estimula os tecidos do corpo humano a retomar o seu funcionamento normal, ele é adotado para acelerar processos de cicatrização, por exemplo.


5 – O equipamento é muito caro e de difícil instalação?
Há várias opções de modelos de laser disponíveis no mercado (entre em contato para conhecer nossos parceiros). Os preços também podem variar muito, uma média de 4 mil reais em um aparelho portátil. O valor vai variar de acordo com as configurações do aparelho, como potência, comprimentos de onda, manuseio e portabilidade.

Contra-indicações na Laserterapia!

Ainda há muitos laserterapeutas com dúvidas do que pode ou não fazer na aplicação do laser, por isso, hoje vamos apresentar as principais CONTRAINDICAÇÕES!

Não se deve aplicar o laser:

1 – Sobre útero gravídico

2 – Neoplasia na região a ser irradiada

3 – Lesões clínicas sem diagnóstico

4 – Sobre a pele de pacientes que fazem uso tópico de substâncias fotossensíveis (ex: isotretinoína, ácido retinóico, etc)

5 – Não aplicar sobre tatuagens ou micropigmentações

6 – Não aplicar sobre a glândula tireóide em pacientes com hipertireoidismo.


O diagnóstico correto é de extrema importância antes de qualquer sessão de laserterapia. 😉


Qualquer dúvida, entre em contato conosco pelo WhatsApp (19) 98423-1452 ou direct! 📲


E quando nós dormimos e acordamos com dor de cabeça?

Sim, o bruxismo é uma atividade oral caracterizada pelo ranger ou apertar dos dentes. O termo bruxismo origine-se do grego brychein, que significa ranger de dentes.

O fato é que durante a fase de pandemia, este é um dos quadros de queixa de dor mais constantes nos consultórios odontológicos! Vivemos uma fase em que foi necessária completa adaptação e isso geralmente tem um ‘custo’ emocional e físico. É como se a nossa tensão fosse transferida para os músculos da mastigação (principalmente temporal, masseter, pterigóideo medial e lateral). Esses músculos fadigados afetam a ATM (articulação têmporo mandibular) e temos como desfecho: dores nos músculos da mastigação ou na ATM, ruídos articulares, limitação de abertura, retração gengival, oclusão inadequada, distúrbios auditivos, cefaleias, sensibilidade em toda a musculatura do sistema estomatognático e cervical.

É gratificante o auxílio do Laser nestes casos de DOR, pois devolvemos a qualidade de vida para o paciente nas primeiras sessões! O Laser é uma ferramenta imprescindível no arsenal do dentista que trata sequelas do bruxismo. E você? Está capacitado para ajudar o seu paciente com tecnologia neste momento de DOR?

Você sabe como a Laserterapia pode ajudar as mamães?

Confira já o post completo para descobrir!

O tratamento com Laser de baixa intensidade, ou Laserterapia, tem sido utilizado com sucesso no processo de pós parto para:

Tratamento e Prevenção de fissuras mamárias:
Em mamilos lesionados, a Laserterapia entra como coadjuvante no tratamento por promover a aceleração da
cicatrização, analgesia e modular a inflamação. Poucas aplicações já permitem o reestabelecimento da amamentação.

Dor e cicatrização do períneo:
O parto normal segundo a OMS é a forma mais indicada para o nascimento. Entre as suas inúmeras vantagens está possui a recuperação mais rápida da mulher após o parto. Para isso a Laserterapia tem se mostrado uma ferramenta clinicamente eficaz para acelerar a cicatrização e principalmente reduzir a dor e desconforto na região do períneo. A irradiação é indolor, não encosta nos tecidos lesionados e deve ser feita de preferência diariamente até a remissão da dor.

Laserpuntura:
A Laserpuntura é indicada para todas as idades. Crianças, pacientes debilitados, pacientes que tem medo de agulhas e regiões lesionadas também são beneficiados pela técnica. Mas no pós-parto, podemos indicar a Laserpuntura para:
cansaço extremo, inchaço, melhora da imunidade geral e a depressão pós-parto.

Fisioterapia – Pós-operatório de cirurgia cesárea:
A Fisioterapia a Laser consiste na irradiação com Laser em baixa intensidade (Laserterapia) sobre as áreas de injúria muscular, articular e óssea. A forma como os tecidos respondem à uma agressão é através do processo inflamatório, essencial para a regeneração dos tecidos. No pós-parto, indicamos a Fisioterapia Laser para as dores na coluna cervical e lombar, dores musculares, pós operatório de cirurgia cesárea, incluindo a recuperação nervosa e restabelecimento da sensibilidade na região operada.

Conheça os benefícios da laserterapia nos efeitos colaterais da imunoterapia

Efeitos colaterais em boca são muito comuns em pacientes submetidos à radioterapia de cabeça e pescoço e/ou quimioterapia (alguns quimioterápicos).
E efeitos similares mas com características um pouco diferentes têm acometido também os pacientes que fazem Imunoterapia.
Em todos os casos a Laserterapia pode ajudar! Menos dor, menos comprometimentos na alimentação e na fala. A qualidade de vida do paciente em primeiro lugar!
Se você é paciente, procure um Dentista Habilitado em Laser para te acompanhar no tratamento, se você é Dentista, vem se Habilitar ou realizar nossos cursos de atualização em Oncologia!
Vamos juntos promover mais saúde cuidando dos efeitos colaterais!

Há anos as relações entre as Doenças Periodontais (doenças nas gengivas) e as doenças sistêmicas são estudadas. 

A Doença Periodontal que mais tem se relacionado com as doenças sistêmicas é a periodontite crônica (presença de perda óssea). E entre as doenças sistêmicas mais estudadas, as com maior destaque são:
🔸 Doenças cardiovasculares associadas à aterosclerose
🔸 Diabetes mellitus
🔸 Doenças respiratórias
🔸 Eventos adversos na gravidez
🔸 Artrite reumatóide
🔸 Osteoporose
🔸 Síndrome metabólica
🔸Doenças renais, entre outras!
 As infecções bucais podem causar prejuízos aos demais órgãos por dois processos inflamatórios diferentes. No primeiro, as bactérias alojadas na gengiva se deslocam pelo organismo e se instalam em determinados órgãos, prejudicando seu funcionamento.
Há uma segunda maneira pela qual as doenças bacterianas que ocorrem na boca repercutem em outras partes do corpo.
Enquanto luta para exterminar as bactérias invasoras que tiveram origem na boca, o sistema imunológico libera diversas substâncias no organismo. Isso causa um desequilíbrio químico, elevando os níveis de substâncias que interferem no funcionamento de órgãos e do metabolismo. Por exemplo, o diabetes.
O processo inflamatório na gengiva não causa a doença, mas ajuda a desequilibrar o equilíbrio químico do organismo.
A Laserterapia pode atuar de forma sistêmica auxiliando o corpo em sua homeostase (ILIB) e de forma local com efeito antimicrobiano (Terapia Fotodinâmica), por exemplo:
Parceria: tecnologia na saúde bucal!

Como o Laser Funciona?

Para os iniciantes na Laserterapia, uma das formas que o Laser atua é por meio da
transformação de energia. Nas aulas, recordo que o aparelho de Laser capta energia elétrica, essa energia é convertida em energia luz (Laser) e por fim esta energia se converte em energia química (Laserterapia, Terapia Fotodinâmica antimicrobiana) ou energia térmica (Laser cirurgia por meio da alta temperatura).
Fotoquímica é a transformação da energia luminosa em energia química (Karu T. 1984) como acontece com a fotossíntese das plantas ou um tratamento de icterícia, por exemplo:
A ação do Laser se inicia no momento de irradiação (fotorecepção) até os efeitos clínicos obtidos por meio de mecanismos compreendendo a ação de óxido nítrico (NO), fotoreativação da enzima SOD e diversos outros caminhos que tem o desfecho de analgesia, anti-inflamatório, cicatrização e aumento de imunidade.
Vamos estudar mais sobre isso?
Confira todos os nossos cursos de Laserterapia e entre em contato com a nossa quipe para esclarecer todas as suas dúvidas. Conte com a gente! 💚

LED Azul no Tratamento de Feridas

O LED é um tipo de luz não coerente que possui inúmeros benefícios quando aplicado sobre feridas. Entre os comprimentos de onda mais usados no Brasil estão o Vermelho, o Azul e o Âmbar.
 O LED azul possui 3 grandes efeitos, veja:
🔹 Bioestimulatório: A luz azul é absorvida por cromóforos mitocondriais estimulando o metabolismo celular.
🔹 Antimicrobiano: Promove uma ação fotodinâmica o que leva a formação de radicais livres em quantidade tóxica aos microrganismos.
🔹 Clareador: A luz azul promove a quebra da H2O2, liberando água e radicais livres que degradam pigmentos.
 Esses efeitos são dose-dependentes, ou seja, variam de acordo com a quantidade de energia depositada. Irradiações com menor energia promovem o efeito bioestimulatório enquanto maior energia tem efeitos antimicrobianos e clareadores.
Na prática clínica o LED Azul pode ser utilizado no tratamento de queimaduras, feridas infectadas e processos alérgicos de pele por exemplo.
Você já utiliza o LED Azul na sua prática clínica no manejo de feridas?
Então, venha aprender mais com a gente, nosso próximo curso de Laserterapia no Tratamento de Feridas será nos dias 12,13 e 14 de agosto de 2020.
Inscreva-se!
Nós enviei uma mensagem via direct agora e ganhe desconto citando esse post!
Busque a excelência no seu trabalho, seja o melhor e venha para Allaser!

Decole e vá aperfeiçoando em pleno vôo

Decole e vá aperfeiçoando em pleno vôo. Planeje o suficiente. Evite ‘afogar-se’ em planejamentos que nunca terminam ou planos que nunca saem do papel.
Recentemente visitei um empresário insatisfeito com o seu desempenho de sua equipe e das vendas. À medida que a conversa foi fluindo, observei que era um profissional muito cauteloso, meticuloso, criterioso. Nenhum produto era finalizado caso não estivesse com os infindáveis detalhes que ele queria. O resultado eram vários projetos brilhantes inacabados…
Simultaneamente, vi que seus concorrentes vendiam produtos piores com sucesso. Acredito que planejar é imprescindível, mas planejar demais nos imobiliza.
Arrisque!
Não espere ter aquele super tênis para começar a caminhar ou correr. Não espere a casa ideal para se mudar. Não espere local perfeito para começar a trabalhar. Não espere a pandemia acabar para tornar o seu dia a dia mais leve.

O que é a raiva?

 Para o ocidente a raiva tem uma conotação ruim… As pessoas sentem vergonha de dizer que estão sentindo raiva. Mas você sabia que a energia da raiva é boa?
De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa, a raiva é algo que nos movimenta, mobiliza, pede ação.
A raiva é a emoção correlacionada ao Fígado, ao elemento Madeira, ao sabor ácido e a cor Verde pela teoria dos Cinco Elementos (Sussmann 1972; Macioca 2018). Quem já não ouviu: “Ele ficou verde de raiva”?
Quando você passar por um momento de raiva, agradeça e use essa energia para caminhar, agir, fazer o que queria. Assim, essa energia não debilita o energético do seu fígado e você dá mais um passo em sua vida!

Você conhece a Terapia Fotodinâmica? ou em inglês Photodynamic Therapy (PDT)?

A PDT é uma técnica antimicrobiana que acontece na presença de um fotossensibilizador (corante), luz e oxigênio.
O corante absorve a energia da luz e a transfere para o oxigênio. O resultado é a geração em alta quantidade de radicais livres. E esses radicais livres levam a morte microbiana!
Vantagens:
✔ ação local
✔ ausência de resistência (já que é uma reação química)
✔ amplo espectro de ação (vírus, bactérias, fungos e parasitas)
✔ não lesiona tecidos sadios (esses são mais resistente que os microorganismos)
✔ diminui ou até pode evitar o uso de antibióticos sistêmicos ou até potencializar sua ação
Aplicabilidades:
Todas as lesões infectadas (bucais, corporais). Exemplos: feridas crônicas, herpes, periodontia, endodontia, peri-implantite, cândida mamilar ou bucal …
Quer aprender? Venha se capacitar em Laserterapia pela Allaser!