periodontia – Allaser
Pular para o conteúdo

LASER NAS DOENÇAS GENGIVAIS

A etiologia da doença periodontal não muda.

Então o que mudar no tratamento periodontal?

 

Continuar com a velha e boa raspagem, instrução de higiene oral… Sim! Sempre!

Mas agregar tecnologia é imprescindível nos dias de hoje. E você sabia que em TODAS as patologias gengivais você tem benefícios utilizando a Laserterapia? E estou afirmando isso considerando o uso do laser de baixa potência, que não corta, não aquece e acima de tudo é indolor para o paciente. Hoje para ser um profissional  bom no mercado precisamos nos diferenciar. E como? Não precisa complicar. Toda a diferença pode estar em detalhes. Detalhes de como o seu cliente sai de sua cadeira após uma profilaxia ou uma raspagem/curetagem, por exemplo. Podemos usar o melhor ultrassom ou cureta, mas se o paciente vai embora com sangramento ou dolorido… Acabou. Neste detalhe pós procedimento, eu SEMPRE uso o Laser.  Menos  de 5 minutos que fazem total diferença na satisfação final!  No caso da gengivite, a Laserterapia atua na modulação da inflamação por meio da redução do stress oxidativo e modulação dos inibidores inflamatórios, por exemplo.

 

 

Entretanto, na Periodontia, creio que o diferencial que o Laser mais me encanta é a Terapia Fotodinâmica. Por quê? Nós temos uma conversão da energia luminosa do Laser em energia química que mata microrganismos (bactérias, fungos ou vírus) por meio da produção de radicais livres e oxigênio singleto. Ou seja, você tem aplicabilidade da Laserterapia e, TODAS as situações clínicas periodontais como um abscesso, peri implantite, Gengivites Necrosantes, periodontites entre outros. A Terapia Fotodinâmica permite o efeito fotoquímico com uso de um fotosensibilizante (corante) de baixa concentração e o Laser!  Não há relatos de resistência microbiana na literatura. Outro ponto positivo é a ação local e não sistêmica. Por que ter o ônus dos efeitos colaterais das drogas medicamentosas se posso ter uma ação local? 

Essa ação antimicrobiana local ainda evita a propagação da bactérias para o restante do corpo. Medicina Periodontal apresenta pesquisas confirmando a letalidade das bactérias da boca.

 

 

Finalmente, gostaria de enfatizar o uso do laser de alta potência ou cirúrgico que tem como mecanismo de ação a fototermia.

Ou seja, converter a energia luz em energia térmica. É fantástico realizar cirurgias de freios, gengivoplastias, peelings gengivais, hemangiomas, fibromas, granulomas sem sangramento e sem sutura! E a prescrição de anti inflamatórios e antibióticos se torna desnecessária devido à altíssima temperatura que promoveu a descontaminação do sítio cirúrgico.

Estou certo de que a vida do Periodontista ou do clínico geral que deseja um tratamento de qualidade e excelência para seu paciente deve incluir a Laserterapia.

Evidências científicas e os resultados clínicos suportam o uso da Laserterapia na Periodontia.

Pesquisa e Clínica caminhando lado a lado em benefício do paciente.

 

 

Com muito carinho e dedicação,

preparamos um curso Avançado em Laser na Periodontia.

 Aguardo você!